Palavra do presidente

DISCURSO DE POSSE

Ilustríssimos Senhores,

Caros companheiros,

Com alegria e emoção, sensibilizado, compareço a esta solenidade em que assumiremos, junto com valorosos companheiros e companheiras, forjados nas lides e lutas da indústria da castanha de caju, a Presidência e a Diretoria do SINDICAJU, por escolha livre de todos vocês.

Ao me debruçar na redação destas palavras, quedei-me silencioso por um bom tempo e deixei que as lembranças e recordações, tais como ondas que beijam as areias da praia, assomassem à memória, trazendo lances de minha trajetória profissional ao longo de uma vida. Ainda mais, que reconhecendo que minha história está entrelaçada em boa parte neste sindicato, onde participo como membro desde 1990.

Aceitei essa honraria que me enobrece e dignifica sim, e não me atreveria de recusá-la, ainda porque, serei um Presidente do Sindicato que administrará com todos os seus Diretores e associados.

Ao fazê-lo estarei na luta para, em conjunto, transpormos os muitos desafios que o Sindicato enfrentará.

Nas incertezas passaremos pelo filtro da confiança!

O enfrentamento de obstáculos afaga nossa auto-estima, nos estimula a sermos eternos lutadores, pois as derrotas não cabem dentro dos nossos sentimentos.

Vi (e vivi!) o SINDICAJU como um espaço aglutinador das diferenças e dos diferentes, arena de disputas construtoras na defesa do nosso setor, não foram poucas as lutas das quais participei sempre por uma boa causa na defesa intransigente dos interesses das indústrias e do setor do caju como um todo.

Muito aprendi ao longo do tempo, na convivência com esses mestres eméritos: acatando, questionando, me contrapondo, mas refletindo sempre, querendo APRENDER MAIS.

Como Sindicato representante da indústria de beneficiamento do caju, temos muitos desafios a vencer, tais como: A CARGA TRIBUTÁRIA E FISCAL; TRABALHISTA; PREVIDENCIÁRIA; POLÍTICAS DE EXPORTAÇÃO E MANTER A IMPORTAÇÃO DE CASTANHA DA ÁFRICA, e outras providências que são necessárias e URGENTES!

Neste esforço, é necessário que continuemos dialogando para que os nossos representantes (Governador, Deputados, Senadores) para que ouçam o anseio dos que trabalham com caju no nosso Estado, demonstrando os gargalos que emperram o desenvolvimento das indústrias beneficiadoras de castanha de caju, dificultando e afugentando o interesse de produtores e industriais do setor.

Optei por uma manifestação de congraçamento e de otimismo, até porque, não seria coerente, agir diferente ao iniciar uma administração que vem substituir – a eficiente e brilhante gestão do ex – presidente Antonio Lucio Carneiro, que soube projetar o nome da nossa entidade junto aos Ministérios em Brasília (MAPA, MDIC,MFAZ, etc.), junto à Presidência da Republica, no Senado e na Câmara Federal, além de conseguir grandes benefícios para o setor, tais como: as liberações das ARPs para a importação de castanha (Gana, Nigéria, Benin, Costa do Marfim e Guiné Bissau); o incentivo de 3% para as exportações de castanha de caju (crédito prêmio), entre outros.

A propósito, e, de acordo com o chinês, fundador do Taoísmo:

“O RIO ATINGE SEUS OBJETIVOS PORQUE APRENDEU A CONTORNAR OBSTÁCULOS”.

Pretendo, então, juntamente com meus companheiros eleitos, não desapontar os que esperam da nova Administração, um compromisso com a contínua melhoria dos nossos serviços, sempre em busca de altos índices de satisfação para os associados.

Afinal, como diz o fabulista grego Esopo:

“A UNIÃO FAZ A FORÇA”, essa parece ser à hora adequada para a união de todos os que se sentem comprometidos com a nobre causa do SINDICAJU.

Muito Obrigado!

Evilázio Ribeiro

Presidente do Sindicaju

 

Copyright © 2017 Sindicaju : Ceará .
Av. Barão de Studart, 2360 - 4º andar - salas 404/405 - 60.120-0020
Telefones: [85] 3246 7062 / [85] 3426 0497
Fale conosco: sindicaju@sindicaju.org.br

TI/SFIEC